domingo, 5 de julho de 2020

Domingo



O tempo, como o Mundo, tem dois hemisférios: um superior e visível, que é o passado, outro invisível que é o futuro. No meio de um e outro hemisfério ficam os horizontes do tempo, que são estes instantes do presente que imos vivendo, onde o passado termina e o futuro começa.

Padre Antônio Vieira

15 comentários:


  1. The bell is associated with the challenge of mass so that the faithful gather in worship.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia de Domingo, querida amiga Piedade!
    Adoro imagens de sinos, me dizem tanto ao 💙.
    Estamos na era do início do novo futuro.
    Sejamos despertos por boa sonorização.
    Tenha dias abençoados, amiga!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  3. LINDO! Adoro sinos! Belas palavras! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. Hola Piedade, Bonita entrada, feliz día.
    Un abrazo

    ResponderEliminar
  5. Bela imagem e muito boa reflexão para este domingo!
    Beijinhos e continuação de uma bom domingo!
    Saúde!

    ResponderEliminar
  6. E é neste tempo presente que vivemos,
    tentando mudar nosso futuro com a experiência do passado.
    Muito bonito Piedade!
    :) :*

    ResponderEliminar
  7. Pois, pois, os hemisférios ditam a vida que levamos cantando sempre sonhando ainda!
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  8. Gosto muito das fotos de sinos, das suas torres... me dizem muito!
    Que linda reflexão nessa foto e em seus dizeres. Parabéns!!

    Marcas do tempo
    no sino e destino
    Pleno Domingo!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde Piedade,
    Que bela foto. Um plano maravilhoso do sino.
    Perfeito o pensamento do Padre António Vieira.
    Um beijinho esperando que tenha passado um bom domingo.
    Ailime

    ResponderEliminar
  10. Belíssima imagem com a evocação de um dos maiores vultos da nossa língua.
    Andam por aí uns mauzinhos a tentar acordar fantasmas que nem existem.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  11. Vieira é tudo de bom.
    As badaladas do sino acordam minhas saudades
    de uma cidadezinha com uma igrejinha no alto de uma serra.
    Passar aqui é sempre inspirador, voce faz poesia com os olhares.
    Grato Sol.
    Beijo paz amiga.

    ResponderEliminar
  12. Las campanas en este tiempo están en silencio pero nunca silenciaran la voz del creyente...
    Esa se puede intuir que da vigorosa sus sones.

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta.
Muito obrigada pela visita!