quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Outono e suas cores




a natureza em todo o seu esplendor . . .

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Liberdade,




e graciosidade no voo incansável das gaivotas sobre o mar...e o azul.

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Parque da Paz





O Parque da Paz é um parque urbano, situado na cidade de Almada, com cerca de 60 hectares, consistindo no pulmão da cidade.

Inserido no meio da cidade, possui para além de zonas relvadas, matas, zonas de descanso, caminhos e lagos, um Monumento à Paz, de José Aurélio, com 40 metros de comprimento e 26 de altura.

Este parque é da autoria do arquitecto paisagista Sidónio Pardal.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

domingo, 17 de novembro de 2019

Domingo

quando as palavras
buscarem amparo
em teu secreto canto

serás ainda
o único pastor
do meu silêncio

José Tolentino Mendonça

sábado, 16 de novembro de 2019

Medronhos





O medronheiro é um elemento importante da paisagem alentejana. É colhido em Outubro e Novembro, sendo tradicionalmente utilizado para produzir aguardente de medronho. A certificação biológica do medronho é feita a partir de frutos recolhidos pelos produtores locais. O medronho apresenta inúmeras potencialidades para além da tradicional destilação para aguardente, em fresco, em seco acresce-se como um produto com grande potencial inovador no mercado atual. Esta tarefa da colheita é realizada à mão e o processamento é realizado em pequena escala (destilarias), sem aditivos, para que se consiga um sabor perfeito.

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

a beleza dos nenufares




Planta aquática também conhecida como Lírio de água ou flor de Lotus, forma parte da família da Nymphaeaceae. Esta planta têm a sua origem nos lagos de África e também em alguns países do continente asiático.

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Jardim do Cerco




É o jardim Barroco por excelência e local de paragem obrigatória para quem visita Mafra. 


O Jardim do Cerco é uma obra iluminada, mantida com detalhe e minúcia para a população e visitantes. Espelhos de água, caminhos largos, árvores frondosas e uma nora centenária ainda em funcionamento são alguns dos atrativos deste jardim inspirado em Versalhes.

Este local é a transição perfeita entre a vastidão murada da Tapada Real e a monumentalidade do Palácio Nacional de Mafra, que se ergue num dos seus flancos.

O bosque e os jardins estendem-se por oito hectares, com ofertas de recantos, sombras, cascatas ou até mesmo uma horta peculiar: a Horta dos Frades, onde estão à vista as plantas utilizadas nos produtos medicinais (farmácia), aquando da sua construção, ordenada por D. João V.

No Jardim do Cerco existe um espaço denominado  Horto das Aromáticas, que apresenta cerca de 39 espécies de plantas com utilização para fins medicinais e condimentares. Para saber mais, consulte a ficha respetiva de cada planta.

Fonte: cm-mafra

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Apreciando




as cores de Outono, ou a beleza de uma estação...

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Cogumelos Selvagens




encontrei-os num jardim, não sei o nome cientifico...

domingo, 10 de novembro de 2019

Domingo


A maior represália contra um inimigo é perdoá-lo.
Se o perdoamos, ele morre como inimigo e renasce a nossa paz.
O perdão nutre a tolerância e a sabedoria.

Augusto Cury

sábado, 9 de novembro de 2019

Rutaceae - Poncirus Trifoliata




A laranja trifoliada, Poncirus trifoliata ou Citrus trifoliata, é um membro da família Rutaceae. É discutido se a espécie deve ser considerada pertencente ao seu próprio gênero, Poncirus ou incluída no gênero Citrus. A espécie é incomum entre os citros por apresentar folhas decíduas e compostas e frutas pubescentes.

Wikipédia (Traduzido de inglês)

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

barcos quietos






e seus reflexos em descanso no estuário do Rio Tejo ...

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Sunset




a magia do Pôr-do-Sol...é colírio para meu olhar

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

cabelos de sol


por vezes, ela tinha cabelos de sol e só os pescadores sabiam...

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Cornaceae-Dendrobenthania Capitata






A fruta madura e doce é comestível, a casca é usada medicinalmente e os galhos e folhas são usados ​​para o tanino.

domingo, 3 de novembro de 2019

Domingo


No caminho da sabedoria te ensinei, e pelas veredas da retidão te fiz andar.

(Provérbios 4:11)

Bíblia Sagrada

sábado, 2 de novembro de 2019

Gaivotas




Gaivotas em terra, tempestade no mar.

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Dia de Todos os Santos




O Dia de Todos os Santos é comemorado anualmente no dia 1 de novembro em honra todos os santos conhecidos e desconhecidos, mártires e cristãos heroicos celebrados ao longo do ano.



Neste dia é também celebrado (por antecipação) o dia dos Fiéis Defuntos, que se celebra a 2 de novembro.


Origem da Celebração do Dia de Todos os Santos

A origem do festa remonta ao século II, quando os cristãos começaram a honrar os que tinham sido perseguidos e martirizados por causa da sua fé.


Foi o Papa Gregório III que no século VIII dedicou uma capela em Roma a todos as pessoas que tinham vivido uma existência de acordo com o Evangelho e por isso eram consideradas santas. Ele também ordenou que a solenidade fosse celebrada a 1 de novembro.

Tradições do Dia de Todos os Santos

Este dia é dedicado a homenagear todos os que já partiram. Por norma, as famílias portuguesas enfeitam as campas dos seus familiares nos cemitérios e ao longo do dia 1 de novembro visitam os cemitérios para deixar ramos e velas nas lápides. Antes da visita ao cemitério, realizam-se missas nas paróquias e em seguida, faz-se uma procissão até ao cemitério.

No dia 31 de outubro, véspera do dia de Todos os Santos, nos países anglo-saxões, existe a crença de que as almas dos mortos descem à terra nos locais de nascimento.

Por isso, à noite festeja-se o Dia das Bruxas ou Halloween (nome pelo qual é conhecida a noite das bruxas a nível mundial).

O dia 1 de novembro também é conhecido como o Dia de Pão por Deus, uma data muito aguardada pelas crianças, que saem às ruas com um saquinho a fim de recolher ofertas, como castanhas, nozes, figos e doces.

Fonte : Calendarr

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Passarinhos





"Ao pequeno passarinho, pequeno ninho"

Provérbios

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Chorisia speciosa




Nesta época do ano em que o Outono já se fez anunciar, somos surpreendidos pela floração rosa da Chorisia speciosa (syn. Ceiba speciosa), ou sumaúma.

Esta espécie originária do Brasil e Argentina é considerada semi-caduca, mas na nossa latitude ela comporta-se realmente como caduca. A particularidade de florescer após a queda da folha faz com que a sua espectacular floração seja notada com maior intensidade nos nossos jardins.