sábado, 17 de abril de 2021

SINTRA – A VILA MAIS ROMÂNTICA DE PORTUGAL



 

Podemos encontrar na vila de Sintra testemunhos de praticamente todas as épocas da história portuguesa e, não raro, com uma dimensão que chegou a ultrapassar, pela sua importância, os limites deste território. Na candidatura de Sintra a Património Mundial/Paisagem Cultural junto da UNESCO, tratou-se de classificar toda uma área que se assumiu como um contexto cultural e ambiental de características específicas: uma unidade cultural que tem permanecido intacta numa plêiade de palácios e parques; de casas senhoriais e respectivos hortos e bosques; de palacetes e chalets inseridos no meio de uma exuberante vegetação; de extensos troços amuralhados que coroam os mais altos cumes da Serra. Também de uma plêiade de conventos de meditação entre penhascos, bosques e fontes: de igrejas, capelas e ermidas, pólos seculares de fé e de arte; enfim, uma unidade cultural intacta numa plêiade de vestígios arqueológicos que apontam para ocupações várias vezes milenárias.
Fonte:CMS

sexta-feira, 16 de abril de 2021

Gatos




 Desde tempos muito remotos, o homem constrói uma relação bastante peculiar com os animais que rondam o seu mundo. Em algumas culturas, certos animais são cultuados como deuses ou representam a origem de alguma importante divindade. Em outros casos, podem ter a sua simples presença associada ao aviso de um mau presságio ou a encarnação de algum tipo de maldição. No caso dos gatos, podemos ver que os dois tipos de olhar se aplicam a esse curioso felino.

Por volta de 10.000 anos atrás, os gatos surgiram nos grupos humanos sedentários com a função natural de exterminar os roedores que rondavam os estoques de grãos. Nessa mesma época, lendas hebraicas e babilônicas diziam que os gatos surgiram através do espirro de um leão. Provavelmente, esse tipo de explicação mítica adveio das semelhanças físicas e de comportamento observadas entre esses dois animais oriundos da mesma família biológica.

Os gatos na cultura egípcia

Entre os egípcios, esse grau de proximidade se estreitou quando várias divindades assumiam partes do corpo de um gato. Bastet, a deusa egípcia da fertilidade e do amor materno, era comumente representada por uma mulher com cabeça de gato. Observando os vários registros de imagem organizados pelos egípcios, podemos ver que os gatos perambulavam pela corte e não tinham cerimônia algum em se aproximar de qualquer indivíduo pertencente àquela civilização.

Demonização do animal

No desenvolvimento da Era Cristã, a boa relação com os gatos foi perdendo espaço para um verdadeiro processo de demonização do animal. Alguns estudiosos dizem que tal modificação aconteceu porque os pagãos cultuavam os gatos e, pouco mais tarde, porque os muçulmanos também tinham o animal em boa conta. Nos primórdios da Idade Média, as parteiras, que comumente carregavam a imagem de um gato, símbolo da deusa Bastet, foram proibidas de utilizar tal apetrecho.
Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por volta do século XIII, a relação entre os gatos e as religiões pagãs logo se orientou para a construção de uma imagem demoníaca do animal. Em uma de suas várias bulas, o papa Gregório IX determinou que os gatos fossem terminantemente exterminados. A paranoia causada pela Inquisição acabou tendo um preço elevado, já que a diminuição da população felina acabou ajudando na propagação dos roedores que transmitiram a Peste Negra em diversas regiões da Europa.

O gato como animal doméstico

Com o passar do tempo, essa visão mística e preconceituosa perdeu lugar para o prazer advindo da domesticação desses pequenos animais. A capacidade de associar independência e sociabilidade faz do gato um tipo de companhia agradável e, ao mesmo tempo, integrante. Em diversos textos literários esse animal é descrito por uma minúcia de virtudes que o colocam em uma posição privilegiada. Pelo visto, eles também conseguem ocupar o posto de “melhor amigo do homem”.

fonte : https://www.historiadomundo.com.br/curiosidades/os-gatos-na-historia.htm

quinta-feira, 15 de abril de 2021

Dia Mundial da Arte

A arte de Rua de Rosarlette Meirelles em Almada




Rosarlette Meirelles Artista Plástica (Luso Brasileira) Licenciada em Artes.Trabalhou como ilustradora publicitária, editorial e cenarista de desenho animado. Ministra cursos e oficinas de pintura e desenho. Desenvolve exposições públicas performáticas e curadorias. Elabora cenários e murais para eventos teatrais e comemorativos. Vivendo em Lisboa. Desenvolve um trabalho autoral em telas, suportes de resíduos da natureza e fotografia
Fonte : Na Indústria Criativa desde 5 de Novembro, 2017
-
O Dia Mundial das Artes celebra-se a 15 de abril em todo o mundo. Trata-se de uma comemoração recente, aprovada em 2012 pela IAA (International Art Association). O objetivo desta comemoração é promover a atividade artística em todo o mundo. Este dia foi escolhido por ser a data de nascimento de Leonardo da Vinci, um dos maiores génios artísticos de todos os tempos.

quarta-feira, 14 de abril de 2021

O dia Internacional do Café

 




O Dia Internacional do Café celebra-se tradicionalmente a 14 de abril.
A origem da data é desconhecida, sendo celebrada em diversos países em diferentes datas, tendo-se estabelecido o dia 14 de abril para a celebração mundial. Esta data ficou enraizada no mundo ao longo dos anos, mas, em 2015, a Organização Internacional do Café e os seus 74 Estados membros e 26 associações cafeteiras decidiram celebrar o primeiro Dia Internacional do Café oficial a 1 de outubro de 2015.

Sabia que?

O café é uma das bebidas mais consumidas no mundo e a segunda matéria prima mais comercializada em todo o mundo, a seguir ao petróleo.

Em Portugal, o café é conhecido por bica ou cimbalino, de acordo com a região onde pedimos o café.

Se estivermos em Lisboa, o termo tradicional para o expresso é bica, um acrónimo que significa "Beber Isto Com Açúcar". Quando começou a ser comercializado em Lisboa, no café "A Brasileira", o café não agradou aos lisboetas e, por isso, foi criado o slogan, para que as pessoas adicionassem o açúcar ao café. Já no Porto deve pedir um cimbalino, como referência a La Cimbali, a popular marca de máquinas de café.

Os portugueses são dos europeus que consomem menos café. Em média, um português consome 4 quilos de café por ano, o que equivale a 2,2 chávenas por dia.
Benefícios para a saúde

Consumido moderadamente, o café tem uma ação antioxidante, atuando no combate aos radicais livres e diminuindo os riscos de desenvolver doenças cardiovasculares e alguns tipos de cancro.

O excesso de café pode contudo, causar irritabilidade, ansiedade, inquietação, insónia, dores de cabeça, náuseas e problemas gastro-intestinais, devido à sua acidez.

Fonte Calendarr

segunda-feira, 12 de abril de 2021

Dia do Beijo

 



O Dia do Beijo celebra-se anualmente a 13 de abril, e Portugal não foge aos festejos.

Esta data visa comemorar o ato do beijo e mostrar os benefícios da sua prática. O beijo é um ato comum em várias sociedades, seja como forma de cumprimentar ou saudar alguém ou de demonstrar amor e carinho por outra pessoa.

Acredita-se que se celebrou a data pela primeira vez a 13 de abril de 1882. Atualmente também se celebra o Dia Internacional do Beijo a 6 de julho no Reino Unido e noutros locais do mundo.
Benefícios do beijo

Beijar faz bem à saúde, tanto a nível emocional como físico.
Beijar emagrece - queimamos calorias enquanto beijamos. Ao beijar está a queimar, em média, 12 calorias.
Beijar alivia o stress - o ato é um ótimo aliado da tranquilidade e do relaxamento. Quantas vezes não bastou um simples beijo para acalmar?
Beijar promove o bem estar - quando beijamos o batimento cardíaco aumenta e consequentemente a oxigenação das células é maior, melhorando as funções circulatórias do organismo.

No dia do beijo não pode deixar de beijar quem mais ama.

Significado dos beijos

Os apaixonados trocam beijos na boca, os amigos beijam na face, seja com um, dois ou até três beijos! Para mostrar respeito e admiração por alguém podemos beijar a mão. Curiosamente, as crianças recebem muitas vezes beijos na testa, em forma de bênção.
Beijos famosos
O "Beijo" de Gustav Klimt
O "Beijo" de Rodin
O beijo de Judas
O beijo de "E Tudo o Vento Levou"
O beijo da "Bela Adormecida"
O beijo de "A Dama e o Vagabundo"
O beijo de "Titanic"

Beijo mais longo do mundo

O beijo mais longo do mundo foi dado em 2013 por Ekkachai Tiranarat e Laksana Tiranarat. O casal tailandês deu um beijo de 58 horas, 35 minutos e 58 segundos, entrando para o Guinness World Records.

Fonte:Calendarr

domingo, 11 de abril de 2021

Domingo


Somente a fé remove a desordem mental e devolve a clareza de espírito.
Dalai Lama

sábado, 10 de abril de 2021

Península dos Templários


A “vila” de Dornes, em Ferreira do Zêzere, é usualmente chamada de Península Encantada ou Terra Mítica dos Templários. Tais epítetos têm fundamento. É que a pequena povoação fica mesmo no topo duma adorável península contornada pela albufeira do rio  Zêzere e tem plantada bem no topo a afamada Torre Templária de Dornes, a torre defensiva pentagonal de que não se conhece mais exemplos em Portugal.É considerada uma das aldeias mais bonitas de Portugal.

sexta-feira, 9 de abril de 2021

Aguarelas

 




Erguia-se para uma nova manhã, docemente viva. E sua felicidade era pura como o reflexo do sol na água.
Clarice Lispector

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Poente




Um poente é um fenómeno intelectual.
(Fernando Pessoa)

quarta-feira, 7 de abril de 2021

Quando os olhares




 Quando os olharesse expandem além
do estar
isso é liberdade
é sonhar...

hajota

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Casas




Tudo está ligado, como o sangue que une uma família.
Todas as coisas estão ligadas.
O que acontece a Terra recai sobre os filhos da Terra.
Não foi o homem que teceu a trama da vida.
Ele é só um fio dentro dela.
Tudo o que fizer à teia, estará fazendo a si mesmo.

Chef Sioux

domingo, 4 de abril de 2021

Páscoa


A Páscoa celebra-se a 4 de abril em 2021, sendo um feriado móvel, comemorado sempre ao domingo.

No dia de Páscoa, a igreja celebra a ressurreição de Jesus Cristo.

Os cristãos celebram a ressurreição de Jesus Cristo, sendo a data conhecida como Domingo de Páscoa. De acordo com a Bíblia, após a crucificação de Cristo, celebrada na Sexta-Feira Santa, Cristo ressuscitou no terceiro dia após a sua morte.

A data serve como momento de reflexão, em homenagem à vida e morte de Cristo, e de agradecimento e glorificação do seu sofrimento.

A Páscoa é celebrada também pela reunião da família, sendo um momento de confraternização e de alegria.

sábado, 3 de abril de 2021

Sabado Santo

Sábado Santo, Dia do Senhor ou Sábado de Aleluia é o dia a seguir à Sexta-Feira Santa e que antecede a PáscoaEste dia, que é o segundo do Tríduo Pascal, celebra o repouso de Jesus Cristo no túmulo após o martírio e a crucificação.

 Este é, assim, um dia de silêncio e de meditação, em que se contempla o mundo sem Cristo e sem a esperança da ressurreição.Nas igrejas católicas romanas evitam-se as decorações e a administração dos sacramentos. É feita a Vigília Pascal, celebração que tem inicio com as luzes da igreja apagadas, porque nesse dia o círio é acesso.

O Círio Pascal, uma vela grande que traz inscrito o ano e as letras Alfa e Ômega, simboliza a luz de Cristo e é usado para acender a vela nas celebrações do Batismo.

Na Igreja Ortodoxa, este dia é conhecido como Grande Sábado, onde o espírito de Jesus terá descido ao inferno e levado para o paraíso as almas dos justos por lá perdidas.

Já nas tradições ortodoxas coptas, etíopes e eritreias, este dia é conhecido como o Sábado de Alegria.

sexta-feira, 2 de abril de 2021

Sexta -Feira Santa


A Sexta-Feira Santa é um feriado religioso que se celebra na sexta-feira antes do Domingo de Páscoa. É a data em que os cristãos lembram o julgamento, crucificação, morte e enterro de Jesus Cristo, através de diversos rituais religiosos.
Também conhecida como Sexta-Feira da Paixão, é um feriado móvel. Celebra-se entre 22 de março e 25 de abril e serve de referência para outras datas, sendo a primeira sexta-feira de lua cheia após o equinócio de Primavera no hemisfério norte, ou o equinócio de Outono, no hemisfério sul, celebrado a 21 de março.
Na Igreja Católica, este dia faz parte do Tríduo Pascal (composto pela Quinta-Feira Santa, Sexta-Feira Santa e Vigília Pascal, o período mais importante do ano litúrgico). A Igreja celebra e contempla a paixão e morte de Cristo e é o único dia em que não se celebra a Eucaristia.
Tradições da sexta-feira santa
Uma das principais tradições dos católicos praticantes é a abstinência da carne, em respeito ao sacrifício de Cristo na cruz.
Pelas 15h faz-se um minuto de silêncio pela crucificação de Cristo. Algumas fábricas soam um alarme para sinalizar o momento da morte de Jesus Cristo.
Na noite de Sexta-Feira Santa, a Igreja realiza a Via Sacra, uma oração que tem como objetivo levar os cristãos a meditar na paixão, morte e ressurreição de Cristo.

quinta-feira, 1 de abril de 2021

Quinta feira Santa

 

Instituição da Eucaristia e Cerimônia do Lava-pés
Com a Missa da Ceia do Senhor, celebrada na tarde de quinta-feira, a Igreja dá início ao chamado Tríduo Pascal e comemora a Última Ceia, na qual Jesus Cristo, na noite em que vai ser entregue, ofereceu a Deus Pai o seu Corpo e Sangue sob as espécies do Pão e do Vinho, e os entregou para os Apóstolos para que os tomassem, mandando-lhes também oferecer aos seus sucessores. Nesta missa faz-se, portanto, a memória da instituição da Eucaristia e do Sacerdócio. Durante a missa ocorre a cerimônia do Lava-Pés que lembra o gesto de Jesus na Última Ceia,quando lavou os pés dos seus apóstolos.
O sermão desta missa é conhecido como sermão do Mandato ou do Novo Mandamento e fala sobre a caridade ensinada e recomendada por Jesus Cristo. No final da Missa, faz-se a chamada Procissão do Translado do Santíssimo Sacramento ao altar-mor da igreja para uma capela, onde se tem o costume de fazer a adoração do Santíssimo durante toda a noite.

quarta-feira, 31 de março de 2021

Uma árvore


Uma árvore em flor fica despida no outono. A beleza transforma-se em feiura, a juventude em velhice e o erro em virtude. Nada fica sempre igual e nada existe realmente. Portanto, as aparências e o vazio existem simultaneamente.
Dalai Lama

segunda-feira, 29 de março de 2021

Mar



 Homem livre tu sempre gostarás do mar
Charles Baudelaire

domingo, 28 de março de 2021

Domingo de Ramos


Domingo de Ramos é uma festa móvel que se celebra no domingo anterior ao Domingo de Páscoa.
Nesse dia, que não é feriado e marca o início da Semana Santa, comemora-se a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém, onde ele foi aclamado por multidões como o Filho de Deus.
Significado do Domingo de Ramos

O Domingo de Ramos significa o reconhecimento de Jesus como filho de Deus.
Isso porque, nessa ocasião, as pessoas receberam Jesus abanando ramos de oliveira e palmeira, os quais representam a vitória de Jesus.
Jesus era um rei humilde que entrou na cidade montado em um jumentinho, o qual além da humildade, representa a paz - o inverso do cavalo, que remete à guerra.
Tradições do Domingo de Ramos

Como forma de lembrar a data, os católicos costumam levar ramos para a missa para serem benzidos. Também é comum encontrar-se ramos de palmeiras colocados em forma de cruz nas igrejas e nas ruas.
Outra tradição do Domingo de Ramos é o costume de os afilhados oferecerem flores ou ramos aos seus padrinhos e madrinhas, os quais, no domingo seguinte, retribuem o gesto com o "folar", isto é, como a prenda da Páscoa.
Procissão do Domingo de Ramos

No Domingo de Ramos realizam-se procissões de norte a sul de Portugal, com diversas paragens, retratando-se a Paixão de Cristo.
Autênticos mares de flores são preparados para a procissão passar, tornando este evento numa grande atração para as famílias e para os turistas.

sábado, 27 de março de 2021

Entardecer




Quando a gente está triste demais, gosta do pôr do sol.
(Antoine de Saint-Exupéry)

sexta-feira, 26 de março de 2021

O Dia do Livro Português

O Dia do Livro Português é comemorado em 26 de março.

A data foi criada pela Sociedade Portuguesa de Autores com o intuito de destacar a importância do livro, do saber e da língua portuguesa em todo o mundo.

Foi escolhido o dia 26 de março para esta celebração pois foi neste dia, em 1487, que se imprimiu o primeiro livro em Portugal: o “Pentateuco”, em hebraico. Ele saiu das oficinas do judeu Samuel Gacon, na Vila-a-Dentro, em Faro.

Já o primeiro livro escrito em português foi impresso no Porto, dez anos depois, em 4 de janeiro de 1497. Produzido pelo primeiro impressor luso, Rodrigo Álvares, o livro tinha o título de “Constituições que fez o Senhor Dom Diogo de Sousa, Bispo do Porto”.

27 Grandes livros portugueses

Entre os grandes livros da literatura portuguesa destacam-se:
Os Lusíadas – Luís de Camões
Os Maias – Eça de Queirós
Amor de Perdição – Camilo Castelo Branco
Mensagem – Fernando Pessoa
Auto da Barca do Inferno – Gil Vicente
Memorial do Convento – José Saramago
Sermão de St. António aos Peixes – Padre António Vieira
Peregrinação – Fernão Mendes Pinto
As Pupilas do Senhor Reitor – Júlio Dinis
Bichos – Miguel Torga
Viagens na Minha Terra – Almeida Garrett
Aparição – Vergílio Ferreira
Rimas – Bocage
O Livro de Cesário Verde – Cesário Verde
Clepsidra – Camilo Pessanha
Gaibéus – Alves Redol
Balada da Praia dos Cães – José Cardoso Pires
Mau Tempo No Canal – Vitorino Nemésio
As Mãos e os Frutos – Eugénio de Andrade
A Sibila – Augustina Bessa-Luís
Pena Capital – Mário Cesariny
O Medo – Al Berto
A Colher na Boca – Herberto Helder
Felizmente Há Luar! – Luís de Sttau Monteiro
Sinais de Fogo – Jorge de Sena
Charneca em Flor – Florbela Espanca
Poesia – Sophia de Mello Breyner Andresen

quinta-feira, 25 de março de 2021

Portas Fechadas




Desistir na primeira porta fechada é esquecer que portas tem chaves e que se fosse para permanecerem fechadas, ao invés de portas se construiriam muros.
Ricardo Fischer.

quarta-feira, 24 de março de 2021

Arte Xavega




 Arte Xávega, um Património Cultural Imaterial
A Arte Xávega é uma técnica de pesca tradicional que consiste na utilização de uma rede de cerco envolvente que é lançada ao mar e posteriormente puxada para terra.
Constitui parte integrante do Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial desde 16 de fevereiro de 2017, mediante uma candidatura única em Portugal apresentada pela Câmara Municipal de Almada à Direção Geral do Património Cultural.

segunda-feira, 22 de março de 2021

Dia Mundial da Água




 

O Dia Mundial da Água celebra-se anualmente a 22 de março.

A data visa alertar as populações e os governos para a urgente necessidade de preservação e poupança deste recurso natural tão valioso.

A gestão dos recursos de água tem impacto em vários setores, nomeadamente na saúde, produção de alimentos, energia, abastecimento doméstico e sanitário, indústria e sustentabilidade ambiental.

As alterações climáticas provocam graves impactos nos recursos de água. Alterações atmosféricas como tempestades, períodos de seca, chuva e frio afetam a quantidade de água disponível e colocam em risco os ecossistemas que asseguram a qualidade da água.
Origem da data

A comemoração surgiu no âmbito da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento e Ambiente que decorreu na cidade brasileira do Rio de Janeiro, em 1992.

Os países foram convidados a celebrar o Dia Mundial da Água e a implementar medidas com vista à poupança deste recurso, promovendo a sua sustentabilidade.

Em outubro celebra-se também o Dia Nacional da Água.

Fonte :Calendar