quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Abandonos


14 comentários:

  1. Por incrível que pareça e lembre abandono eu adoro estas casas. Recordo com nostalgia algum tempo passado na aldeia e vêm à memória mil e uma imagens. Lindo apesar de triste. Beijinho Piedade e muito obrigado. Um bom resto de seamna!

    ResponderEliminar
  2. É uma tristeza ver 4 paredes levantadas e tanta gente sem um tecto para morar. Não seria mais feliz o mundo se reconstruíssem essas casas para dar de habitar a muitos desfavorecidos?

    ResponderEliminar
  3. Esas casas abandonadas que son testigos mudos de infinitas historias que nos harían reír y, también, llorar.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  4. Há beleza neste abandono!
    Encerra tanta magia.

    beijinho

    ResponderEliminar

  5. Um dia,um adeus...
    Hoje, silencio, abandono!

    Essa foto está incrivel!!Parabéns!!

    Beijos!











    casa fechada

    ResponderEliminar
  6. Passei por aqui, por este teu cantinho, e vejo novidades! lindas postagens no teu blog. Abandonos que nos incomodam.
    Parabéns pela constante actualização.
    Um Santo e feliz Natal.
    Um abraço cá do Algarve.
    http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. A imagem traduz com verdade o título que lhe deu. A arte é bela. O abandono cruel. Bjs.

    ResponderEliminar
  8. Terra mal usada, paisagem da solidão.
    Gosto desse olhar,
    meu abraço

    ResponderEliminar
  9. Com certeza existe uma história por trás desse abandono... jamais saberemos.
    Ótimo post.

    ResponderEliminar
  10. Linda paisagem, por tão nostalgica.

    Bjo Pi.

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!