quinta-feira, 19 de outubro de 2017

olhares outonais



olhares outonais,
que lembram as cores em tons de sépia,
e outras que imaginamos em sonhos leais...
©Piedade Araújo Sol

8 comentários:

  1. O assunto fotografado é muito apetecível, de facto.
    Mas, Piedade, és uma verdadeira poetisa no que escreves !

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  2. Bellísimo otoño Piedade. Caen para volver a dar vida.
    Volviendo a la rutina.
    Besos.

    ResponderEliminar
  3. As duas imagens fizeram-me lembrar do filme “Le bonheur”, de Claude Lelouch, quando a câmera em travelling mostra o vento carregando as folhas do outono.
    Um drama romântico, bem concebido para época, com uma fotografia belíssima. Ah!e o samba da bênção de Vinicius de Moraes e Baden Powell.
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  4. Vim ao lanche comungar
    uma vez mais, da tua arte
    Calo-me para não perturbar

    ResponderEliminar
  5. As folhas caem, as arvores se despem.
    Os corações se aconchegam pois é Outono.
    Lindas imagens, pois Outono é poesia em estado de gravidez.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Dois olhares outonais, muito belos e harmoniosos!... Nem sei dizer, qual prefiro...
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!