quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Lavadouros Públicos



Relíquias que o tempo deixou ...

7 comentários:

  1. Realmente, olho não te falta !
    E que belas cores, Piedade...


    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  2. Estes ainda são mais antigos que existem por cá !! :)

    Beijo
    Feliz noite de São Valentim.

    ResponderEliminar
  3. Estes devem ser centenários :))

    Hoje:- Pétalas em paixão silenciosa.
    .
    Bjos
    Votos de uma noite de feliz, do namorados.

    ResponderEliminar
  4. Uma beleza!
    Se eu disser que soubeste escolher (provavelmente tens mais, de locais diferentes) não me enganarei, por duas razões: a primeira, tem a ver com a ancestralidade e simplicidade da obra, pelas linhas e materiais de que é feita a arquitetura do belo, nada que se pareça com uma estranha febre de melhoramentos feitos sem critério no pós-Revolução, mal sabia o povo do assalto dos electrodomésticos que se seguiu a ela; a segunda diz do gosto e saber da fotógrafa-poeta, pela escolha dos planos, luz e cor captados e colocados nas imagens.

    Bj.

    ResponderEliminar
  5. Preciosas relíquias... que o tempo abraçou...
    Estou fascinada a olhar para as imagens... Que bela descoberta, Piedade!... E que imagens maravilhosas!
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!