sábado, 29 de outubro de 2016

Rendas



por entre uma janela improvisada,
cheia de trabalho e beleza,
eu vi uma teia rendilhada...

© Piedade Araújo Sol

6 comentários:

  1. Elogio sem qualquer hesitação a qualidade das captações, PIEDADE !
    Eu vejo-me sempre aflito nestes casos.

    um beijo e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Como sempre
    lindas imagens!
    Aguardo sua visita
    no Espelhando.
    Bjins
    Catiaho Alc.

    ResponderEliminar
  3. A natureza muitas vezes brinda-nos com estas obras de arte que infelizmente no nosso dia a dia desprezamos e não ligamos.
    Um abraço e bom fim-de-semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
  4. Cortinas tecidas a seda
    No reino frágil de aranha
    Antes que a vassoura venha
    A Piedade fixou-as num sonho.

    Bj

    ResponderEliminar
  5. Imagens incríveis... mas para mim, um bocadinho arrepiantes!
    Tenho um medo irracional destes bichos... mas que realmente fazem rendas maravilhosas...
    Excelentes detalhes, muito bem registados, Piedade!
    Beijinhos!
    Ana

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!