segunda-feira, 5 de outubro de 2015

cinzentos



por vezes é assim que nos sentimos, ou apenas o nosso olhar...

6 comentários:

  1. Fotos divinais, Parabéns

    Beijo de boa noite


    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Olá Piedade ,

    Mais umas excelentes fotos , que projetam as várias tonalidades de cinzentos que compõem uma das colorações da imagem e que fazem parte da Natureza que nos envolve , por vezes também nos deixamos contaminar por alguns tons e tonalidades cinzentas que nos vão de certa forma aprisionando as nossas vidas , e que me faz relembrar uma das frases mais profundas e que Carlos Drumond de Andrade tão bem soube diluir, e que hoje coincidentemente publiquei no meu blog :

    "A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.”

    Carlos Drummond de Andrade

    Excelente frase de um conteúdo reflexivo de grande alcance que combina na perfeição com a excelencia das suas produções fotográficas que considero de grande nível , quer em termos de captação dos momentos em si mesmos , quer em termos dos conteúdos e da plasticidade que é colocada em cada imagem ... pois existem algumas das fotos que se podem chamar telas fotográficas :)

    Um Beijinho e um Abraço
    Luis de Sousa

    ResponderEliminar
  3. Hoje foi o primeiro dia de outono em que me senti bem cinzenta!
    Estão lindas as fotos
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. E por aqui... uma forma de olhar... sempre diferente e surpreendente... com aquele toque de... e da... Sol... sempre tão especial...
    Magnifico trabalho!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  5. por vezes, é assim: cinzentos, risquinhos de água... mas gosto de acreditar que há sempre um resquício de alento, mesmo nesses momentos.
    as fotografias são muito bonitas.

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!