quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Serenidade


a serenidade da cor....

4 comentários:

  1. Sim, vejo serenidade nesta foto , imagina-se uma leve brisa , o ritmo regular das ondas, o infinito do horizonte , e o expirar das turbulências do espirito .
    Beijinho
    Luis de Sousa

    ResponderEliminar
  2. Raro estado de ausência
    de gravidade.
    Lapso divino, ocorrência
    por entre abraços
    do clímax da felicidade:
    a serenidade
    branca da espuma.

    ResponderEliminar
  3. A serenidade da cor... e de a sentir, bem cá por dentro... esplendidamente traduzida, na imagem!
    Magnífico e perfeito momento... tão sereno!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!