domingo, 6 de janeiro de 2013

Barco No Porto


A palavra é barco que singra
o mar do imaginário e
nos leva a viagens incríveis
pelas rotas do universo poético.

Vilma Piva

8 comentários:

  1. Quero viajar neste barco pelo meu universo imaginário.

    Bom domingo Sol.

    Beijinhos

    Ana

    ResponderEliminar
  2. Pergunto-me quem será Katherine B... Gosto imenso de barcos com nomes de pessoas, parece dar-lhes um pouco de alma...

    ResponderEliminar
  3. A palavra barco, tanto quanto a ideia barco e a própria coisa barco, me levam além, me arrancam dos meus cais petrificados.

    Sem falar nos quase onze "ângulos retos" que a minha imaginação contou nessa imagem, como sempre magnífica. Eu sou uma admiradora de imagens que me remetem à geometria, a geometria das formas. Além da tranquilidade que a foto me fez sentir.

    Piedade peço desculpas pelo silêncio, mas não estou em um momento de verbalizar, apenas de contemplar. Quero que saibas que venho sempre ver suas fotos, embora não esteja comentando com a assiduidade de sempre. Deixa a chuva passar e volto com mais frequência...

    ResponderEliminar
  4. gosto de barcos
    meu pai gostava de barcos
    meu avô gostava de barcos
    e todos gostamos de MAR

    ResponderEliminar
  5. Maravilhosa foto que nos sugere viagens incríveis no mundo da palavra!!
    Piedade, querida, você me honra com tua sensibilidade e nos presenteia com o barco, o melhor sentido para navegar poeticamente a vida!
    Obrigada de coração!!!
    Beijos!!

    ResponderEliminar
  6. Chegou, ou vai partir? Esse é meu primeiro pensamento ao contemplar um barco no porto. Bela! Bjs.

    ResponderEliminar
  7. Me gusta el ángulo de la toma.
    2 cara, 2 tonos...interesante punto de vista.
    Un abrazo

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!