sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Gaivotas


10 comentários:

  1. Great shot and very nice with this light.....well done.

    Hugs and kisses, Joop

    Have you already seen my second blog?
    http://joopzandfotografie.blogspot.nl

    ResponderEliminar
  2. Se uma gaivota viesse
    trazer-me o céu de Lisboa
    no desenho que fizesse,
    nesse céu onde o olhar
    é uma asa que não voa,
    esmorece e cai no mar.

    Que perfeito coração
    no meu peito bateria,
    meu amor na tua mão,
    nessa mão onde cabia
    perfeito o meu coração.

    Se um português marinheiro,
    dos sete mares andarilho,
    fosse quem sabe o primeiro
    a contar-me o que inventasse,
    se um olhar de novo brilho
    no meu olhar se enlaçasse.

    Que perfeito coração
    no meu peito bateria,
    meu amor na tua mão,
    nessa mão onde cabia
    perfeito o meu coração.

    Se ao dizer adeus à vida
    as aves todas do céu,
    me dessem na despedida
    o teu olhar derradeiro,
    esse olhar que era só teu,
    amor que foste o primeiro.

    Que perfeito coração
    morreria no meu peito morreria,
    meu amor na tua mão,
    nessa mão onde perfeito
    bateu o meu coração.

    Alexandre O´Neill : Gaivota

    ResponderEliminar
  3. ...nesse céu onde o olhar, é uma asa que não voa...

    mais um click perfeito, se a perfeição fosse possível...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Que lindo! Tenho me encantado com suas fotos. Bjs.

    ResponderEliminar
  5. As gaivotas não voam: cantam ao ar e dançam para o mar!
    Magnífica imagem!
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  6. Lembram-me sempre a Liberdade!

    Belíssima!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Wow ... grande registo, muito bonito, sem duvida.

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!