sábado, 21 de abril de 2018

Trilhos II


Havia
ainda a pouco
algo mais que uns trilhos
que os meus olhos bem abertos
e acesos no seu íntimo
respirando atalhos descobriram!

E agora vencidos apalpo o escuro
e no mar de teus olhos, não me canso,
ainda os trilhos os procuro!

Autor : José Carlos Sant Anna

8 comentários:

  1. Um belo poema minha amiga que não conhecia está muito bem ilustrado por uma boa e bem trabalhada fotografia.
    Um abraço e bom fim-de-semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  2. Aqui sem saber aonde me leva o silêncio desses trilhos. Porém, nada me preocupa porque sei que você sabe mais desses trilhos do que suponho.
    Beijinhos, pela carinho da acolhida!

    ResponderEliminar
  3. Que trilho tão lindo.
    Belíssima fotografia e um belo poema.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  4. Uma foto muito interessante. Adorei. :))

    Hoje:- O teu convite surreal.

    Bjos
    Votos de um bom Sábado

    ResponderEliminar
  5. Gosto do poema e adoro este verdejante olhar de um caminho que apetece subir!!! bj

    ResponderEliminar
  6. De pouco (me) valem os olhos
    perdidos em noite de breu
    não fora o relevo do trilho
    que marca o (meu) destino
    para não perder o tino.

    Soberbo par fizeste juntando a imagem, que me inspira esperança, imaculada, intocável, do verde, e o poema marcado pela fé no achamento do caminho.

    Bj.

    ResponderEliminar
  7. Pura poesia... em imagem e palavras... num todo perfeito!
    Ambos de parabéns!... Mais um post excepcional, por aqui!...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!