segunda-feira, 27 de junho de 2016

Momentos



a minha mão cabe no mundo...o mundo nunca caberá na minha mão.

11 comentários:

  1. Está fantástico, e quem disse que não se podia apanhar o Sol.
    Um abraço e uma boa semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, lindaaaaaa.....foto acompanhada com a pura das verdades, o seu mundo cabe na sua mão.
    Boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
  3. Momento magico do dia.
    Beleza de foto que provoca esta reflexão perfeita.

    Linda semana.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. ~~~
    Uma foto belíssima,
    um pensamento interessante
    como legenda pertinente e perfeita...

    Beijinho, Piedade.
    ~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  5. Piedade já tinha admirado esta foto no cabeçalho do blogue, acho-a realmente muito bem captada e muito bela, com um pôr do sol lindo!

    Quanto à frase, assim é minha amiga.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  6. Olá Piedade, mas que saudades de passar por aqui e ver imagens tão maravilhosas quanto esta e como as demais, algumas que vou tendo acesso via face por questões de acessibilidade.
    Beijos e continuação de excelentes fotos!

    ResponderEliminar
  7. Recolher nas mãos a Luz e distribuí-la assim pelos demais é dom só ao alcance dos eleitos.
    Luminosa ideia. Quem havia de a ter?
    - a Sol!

    Bj.

    ResponderEliminar
  8. Mas trará consigo nas suas mãos... através das suas palavras, e imagens, um pedacinho dessa luz maravilhosa... que iluminará tantos outros mundos...
    Assim é a Sol...
    Uma imagem extraordinária... e muito bem escolhida, por sinal, para encabeçar o blogue... um autentico cartão de visita, para este espaço repleto de luz e sensibilidade!...
    Adorei!!!! Beijinhos!
    Ana

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!