terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Gaivotas


4 comentários:

  1. um klik.. um instante infinito...
    sinto-me assim
    gaivota oiço teu grito.
    esse mar dentro de mim.

    um sorriso doce noite!!

    ResponderEliminar
  2. Hoje eu não resisti e tatuei três gaivotas no meu pulso esquerdo. Ademais um dos meus poemas preferidos do O´Neill, é o Gaivota, logo sou super-suspeita pra falar delas!

    ResponderEliminar

Não sou fotógrafa, mas, gosto de fazer arte com a fotografia. Todas as palavras e as imagens deste blogue são de minha autoria, excepto as que estão assinaladas com os devidos créditos. Não são fotos perfeitas, nem eu quero que assim sejam, porque por vezes é na imperfeição que se encontra a beleza encoberta. Muito obrigada pela visita!